Pular para o conteúdo principal

Tércia Montenegro lança em Fortaleza livro “Em Plena Luz”


Momento se realizará no Museu da Fotografia Fortaleza a partir das 15h, com sessão de autógrafos


Uma das vozes mais potentes da literatura contemporânea, Tércia Montenegro retorna ao romance em nova empreitadaFoto: Renato Parada
O aguardado novo livro de Tércia Montenegro ganha lançamento em Fortaleza neste sábado (28), às 15h, no Museu da Fotografia. "Em Plena Luz", segundo romance da escritora cearense, está disponível desde o dia 16 nas livrarias de todo o País, com trama sobre fugas e tentativas de salvação.
Na ocasião do lançamento, Tércia realizará uma fala sobre o processo de escrita do material, focando na temática “como a vida gera a ficção”
“Existem muitas experiências pessoais em torno dos acontecimentos históricos que o livro relata, que eu, de fato, tive de primeira mão. O que há, então, de verdade e o que há de invenção na obra? Falarei sobre como aconteceu a construção disso”, explica.
A autora adianta ainda que algumas figuras integrantes do enredo também ganharão foco em seu relato.
Além disso, ela estará disponível para sessão de autógrafos logo após o diálogo com os presentes. A entrada no evento é franca.

SINTONIA

Até o momento, Tércia conta que recebeu alguns feedbacks de leitores quanto ao conteúdo do novo livro. Todos sugerem uma sintonia entre ele e “Turismo para Cegos”, seu romance anterior.
“De fato, ele realmente nasce com um diálogo implícito com o ‘Turismo’, embora possa ser lido sem entrar numa parceria. Um livro não depende do outro”, resume.
img2img2
A escritora, durante lançamento em Fortaleza, falará sobre como a vida gera a ficção
Foto: Renato Parada
A bem da verdade, “Em Plena Luz” abraça simbologia avessa àquela de “Turismo para Cegos”. Enquanto este assume tom pessimista, aquele tem tons positivos, esperançosos, narrando a história da fotógrafa Lu. Ela parte da Capital cearense em direção a Paris fugindo de um relacionamento abusivo.
Lá, depara-se com um tipo de violência diferente da cidade natal – sobretudo a hostilidade cultural por ser estrangeira e os atentados terroristas de novembro de 2015, que assolam a metrópole francesa –, que a faz retornar de onde saiu e enfrentar novos dilemas. 
Para Tércia, as discussões que o livro levanta devem servir de trampolim para fomentar novos debates e olhares.
“Espero que a conversa que teremos no lançamento seja a primeira de muitas”, torce.
Serviço
Lançamento do livro “Em Plena Luz” em Fortaleza
Dia 28 de setembro, às 15h, no Museu da Fotografia Fortaleza (Rua Frederico Borges, 545 - Varjota). Contato: (85) 3017-3661. Entrada franca.

img3img3
Em Plena Luz
Tércia Montenegro
Companhia das Letras
2019, 160 páginas
R$ 69, 90


Diário do Nordeste

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil* O corpo do jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na próxima terça-feira (9), no Memorial do Carmo, segundo a Academia Brasileira de Letras (ABL), respeitando o desejo do imortal. Cony morreu ontem (6), aos 91 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos após dez dias de internação. Segundo a ABL, como a morte ocorreu em um fim de semana, procedimentos jurídicos e administrativos terão que ser resolvidos nesta segunda-feira (8). Após a cremação, suas cinzas devem ser lançadas em um local que remete a sua infância. Também a pedido do jornalista, seu corpo não foi velado na sede da academia. A amiga e também jornalista Rosa Canha disse que Cony desejava uma cerimônia íntima. "Ele não queria velório, não queria missas nem nenhum tipo de homenagens. Ele pediu muito que fosse uma cerimônia apenas para a família".  Saiba MaisTemer lamenta morte do jornalista Carlos Heitor Cony Carlos Heitor Cony nasceu no Rio em 14 de março de 1926.…

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …