Pular para o conteúdo principal

Escrita negra é tema de palestra gratuita do escritor Plínio Camillo no TJA

E mais: “Ópera do Malandro – Um musical de Chico Buarque”, em adaptação inédita.
Na quarta-feira (20/11), o programa Arte de Rua recebe o espetáculo “O Bode Quer”. Na peça, o ator Evan Teixeira busca reviver situações na qual o Bode Ioiô protagonizou no começo do século XX em Fortaleza (CE). A atividade é gratuita e acontece na calçada.
O CAIS – Coral dos amigos da Izaíra Silvino apresenta o show “Terra mãe – O feminino planeta” no dia 21/11, às 19h30. A atividade acontece no foyer e os ingressos podem ser adquiridos nos valores: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia). Classificação indicativa: livre. Já no dia 22/11, às 19h, acontece a estreia do espetáculo “Salada Geral”, de Airton Ferreira Lima no Teatro Morro do Ouro (Anexo Cena – TJA). Os ingressos serão vendidos nos valores R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia). Classificação indicativa: 10 anos.
The Biz – Performing Arts em dose dupla
Nos dias 21, 23 e 24/11, às 20h30, a The Biz – Performing Arts apresenta o espetáculo “Ópera do Malandro – Um musical de Chico Buarque”. A aclamada obra, com canções que continuam encantando gerações, ganha nova montagem colocando a figura feminina como destaque. De autoria de Chico Buarque, as canções como Teresinha, O Meu Amor, O Malandro, Roda Viva, Pedaço de Mim dão um toque especial à dramaturgia. Os ingressos podem ser adquiridos nos valores R$ 60,00 (inteira) e 30,00 (meia). Classificação indicativa: 14 anos.
O musical “Madagascar – Uma Aventura Musical” será apresentado nos dias 22, às 20h, 23 e 24/11, às 17h. O espetáculo é baseado na animação da DreamWorks, Madagascar – Uma Aventura Musical e conta a história de grandes amigos que fogem de casa, um zoológico, e acabam em uma jornada inesperada no mundo de Madagascar. Os ingressos podem ser adquiridos nos valores R$ 80,00 (inteira) e 40,00 (meia). Classificação indicativa: livre.
Os dois espetáculos, que contam com mais de 40 artistas em cada espetáculo,  têm direção de André Gress e idealização pela The Biz – Performing Arts. Os ingressos estão à venda no site Sympla ou na sede da escola The Biz Performing Arts (Av. Washington Soares, 909, Loja 105).
Literatura Negra em destaque
Na semana em que se comemora o Dia Nacional da Consciência Negra (20/11), o escritor Plínio Camillo fará a palestra intitulada “Notas de Escurecimento” no dia 23/11, às 15h, no foyer. Na palestra, Plínio, discutirá de forma dinâmica e participativa os conceitos de Literatura Negra Brasileira e as origens da desta literatura, suas marcações, limitações, função social e literária atual. Plínio Camillo é ator, roteirista diretor e educador social e reside em São Paulo desde 1984. A atividade tem entrada gratuita e classificação indicativa livre e faz parte da programação do Mês da Consciência Negra no TJA.
Inspirado na Obra de Elmo Ferrer, o grupo Resistência Jovem apresenta o espetáculo “Máscaras” no sábado (23/11), às 17h. A atividade acontece no Teatro Morro do Ouro (Anexo Cena – TJA) e a entrada é gratuita. Classificação indicativa: 12 anos.
No domingo (24/11), às 17h, a Sala de Concerto recebe o “Recital de Violinos e Violas da UFC” no foyer. A entrada é gratuita e classificação indicativa Livre. E às 17h30, o grupo K’Os Coletivo apresenta o espetáculo “D. Menina” no teatro Morro do Ouro (Anexo Cena – TJA). Os ingressos serão vendidos nos valores de R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia). Classificação indicativa: livre.
Confira a programação completa do TJA: https://theatrojosedealencar.secult.ce.gov.br/
Fonte: secultece

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil* O corpo do jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na próxima terça-feira (9), no Memorial do Carmo, segundo a Academia Brasileira de Letras (ABL), respeitando o desejo do imortal. Cony morreu ontem (6), aos 91 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos após dez dias de internação. Segundo a ABL, como a morte ocorreu em um fim de semana, procedimentos jurídicos e administrativos terão que ser resolvidos nesta segunda-feira (8). Após a cremação, suas cinzas devem ser lançadas em um local que remete a sua infância. Também a pedido do jornalista, seu corpo não foi velado na sede da academia. A amiga e também jornalista Rosa Canha disse que Cony desejava uma cerimônia íntima. "Ele não queria velório, não queria missas nem nenhum tipo de homenagens. Ele pediu muito que fosse uma cerimônia apenas para a família".  Saiba MaisTemer lamenta morte do jornalista Carlos Heitor Cony Carlos Heitor Cony nasceu no Rio em 14 de março de 1926.…

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior

Por Diego Barbosa,  Com a ação, Gonzaga Mota já circulou por 20 instituições, ora aumentando acervos, ora criando novas mini-bibliotecas Com facilidade, a porta em que está cravada a placa "Livros de escritores cearenses" escancara-se em nova visão. Do outro lado do anteparo, o olhar mira num aconchegante espaço, onde repousam, organizadas e coloridas, obras de toda ordem. São títulos tradicionais e contemporâneos, exemplares de poesias, contos, crônicas, romances. Em comum a todos eles, o DNA nosso: possuem assinatura de cearenses. E querem ganhar mais mundos, outras trilhas. Mantido pelo escritor e professor Gonzaga Mota, o gabinete da descrição acima é recanto de possibilidades. Desde o começo deste ano, o profissional mantém um projeto de doação de livros para escolas públicas de Fortaleza e do interior, almejando estender o raio de alcance da leitura, especialmente entre crianças e jovens. A vontade de fazer com que os volumes saltem da…