Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

CEARÁ 400 ANOS

Grecianny Cordeiro*


Embora muitos não saibam e poucos festejem, nesse ano de 2019, o Ceará completa 400 anos.

Antigo Siará, depois, Siará-Grande, hoje, Ceará, já se passaram 4 séculos desde que Martim Soares Moreno foi contemplado com a Carta-régia de 26 de maio de 1619, para ser o Capitão-mor da Província do Ceará, cuja concessão duraria 10 anos.

Como Capitão-mor, Martim Soares Moreno chegou à Província do Ceará em 23 de setembro de 1621 e, em 1631, com o fim da concessão real, partiu para lutar contra os holandeses, em Pernambuco, jamais retornando a essas paragens.

Coube ao romancista José de Alencar colocar Martim Soares Moreno no panteão de nossa História, imortalizando-o como o Guerreiro Branco apaixonado pela bela índia tabajara Iracema. Desse enlace amoroso nasceria Moacir.

Nas belas palavras do escritor e bibliófilo José Augusto Bezerra, em um de seus discursos: “Lembramos que o cearense, literariamente, é o único povo brasileiro filho de uma lenda”.

Sim. O cearense surgiu de uma lenda, de uma linda e idílica história de amor entre o homem branco colonizador e uma índia. 

E nada mais doce e inspirador que uma lenda de amor, a acalentar sonhos, a estimular anseios e desejos, a colorir a vida com tons vibrantes e marcantes, a se eternizar no tempo.

*Promotora de Justiça
.
#ceara
#aniversarioceara#greciannycordeiro #escritora #escrever #informacao

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pedro e Paulo: alegria da Igreja!

Mazagão: terra árida e abençoada