Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

E o que surgiu de tão grandioso no Brasil nos últimos anos?

Carlos Delano Rebouças*
De 2013 para cá, infelizmente, iniciou-se uma forte campanha de disseminação de muitos sentimentos repugnantes aos olhos sensatos da humanidade, entre eles o de ódio. Há, na minha humilde visão, uma semeadura constante e intensa desse sentimento entre e para com os membros de nossa sociedade, com o intuito de garantir os interesses de quem atualmente domina as ações administrativas desse país.

Conflitos sempre existiram e em decorrência de vários motivos: religião, futebol, divisão de classes, orientação de gênero, ideologia política, partidarismo... Contudo, como falara, nos últimos anos nasceu (ou mesmo, revelou-se) sentimentos nada salutares entre os membros de nossa sociedade, que estão sendo capazes de nos tornar egoístas e irracionais nas nossas atitudes, sobretudo quando saímos em defesa da nossa verdade e dos nossos interesses.

Ninguém mais se entende, nem mesmo os que compõem os mesmos grupos nos quais havia a defesa do mesmo pensamento. Hoje o que se percebe é o olhar direcionado apenas para o próprio umbigo, confirmando, na realidade, uma luta insensata por uma razão órfã de argumentos plausíveis, suficientes para  justificarem os fins. É o absurdo de acreditar que a razão está com quem não a tem, simplesmente pelo fato de que suas justificativas convencem tão somente a si mesmo.

E assim parece que vai continuar, acreditando-se que é válido e correto governar apenas para algumas classes (para uma minoria), criando expectativas que se revelam frustrantes bem mais rápido que se imagina. Assim também parece que vai continuar, agindo destrutivamente com o  empoderamento da palavra com o intuito de persuadir, de convencer, influenciando na maneira de pensar e agir, transformando mentes e corações, lavando cérebros pouco utilizados no desenvolvimento de conhecimentos capazes de criar anticorpos em defesa da cidadania.

*Professor de Língua Portuguesa e redação, conteudista, palestrante e facilitador de cursos e treinamentos, especialista em educação inclusiva e revisor de textos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pedro e Paulo: alegria da Igreja!

Mazagão: terra árida e abençoada