Pular para o conteúdo principal

Americanos vão às ruas por 'dinheiro para saúde e educação, não guerras'

Manifestantes protestaram neste sábado 4 em diversas cidades dos EUA contra o ataque comandado por Trump ao Irã e ao Iraque. Entre os gritos de protesto, o principal era 'Money for health and education, not for wars and occupation!' (vídeo)
4 de janeiro de 2020, 18:22 h
827
2
Americanos protestam contra ataque de Trump a Irã e Iraque
Americanos protestam contra ataque de Trump a Irã e Iraque (Foto: Myrian Marques | Reuters)

Por Myriam Marques, de Nova York, para o 247 - Centenas de pessoas marcharam neste sábado 4 no centro de Nova York, saindo da Times Square até a Herald Square, em um protesto relâmpago chamado pela ANSWER Coalition (Act Now to Stop War and Racism), uma coalizão de organizações americanas e árabes-americanas fundada em 2001 logo após os ataques às torres gêmeas.

Compõem a Act Now to Stop War and Racism entidades como a CODE PINK - organização pacifista feminista, que tem Jane Fonda como notória militante - e o PSL, Party for Socialism and Liberation. Várias organizações de imigrantes estiveram presentes, entre eles o DDB NY - Defend Democracy in Brazil NY.

Os manifestantes denunciaram o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como mandante do assassinato do general iraniano Qassem Soleimani. A ação dos Estados Unidos na noite de quinta-feira 2 foi vista por Teerã como um ato de guerra que cria o risco de uma conflagração regional. Trump foi criticado veementemente no Congresso por não ter pedido autorização para o que é considerado um ato de guerra. 

Neste sábado, entre os gritos de protesto nas ruas, o principal era 'Money for health and education, not for wars and occupation!'. O orçamento para a Defesa nos EUA abocanha cerca de um terço do total e segundo especialistas, se forem contados gastos paralelos como a saúde de combatentes, o gasto chega a mais de 50%, em um país onde 30 milhões não têm nenhum acesso à saúde gratuita, estudantes universitários ficam com dívidas para o resto da vida e sem-teto se espalham aos milhares pelas cidades.

Houve protesto também na Califórnia e em muitas outras localidades. Pelo jeito, os americanos não estão dispostos a aceitar mais guerras baseadas em mentiras de falsos ataques, como ficou claro, mais uma vez, na ofensiva contra o Irã. Os nova-iorquinos também manifestaram o efeito contrário desses ataques, que podem tornar a cidade novamente alvo de terrorismo - o maior medo coletivo de uma cidade diversa, que abriga milhares de cidadãos do Oriente Médio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil* O corpo do jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na próxima terça-feira (9), no Memorial do Carmo, segundo a Academia Brasileira de Letras (ABL), respeitando o desejo do imortal. Cony morreu ontem (6), aos 91 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos após dez dias de internação. Segundo a ABL, como a morte ocorreu em um fim de semana, procedimentos jurídicos e administrativos terão que ser resolvidos nesta segunda-feira (8). Após a cremação, suas cinzas devem ser lançadas em um local que remete a sua infância. Também a pedido do jornalista, seu corpo não foi velado na sede da academia. A amiga e também jornalista Rosa Canha disse que Cony desejava uma cerimônia íntima. "Ele não queria velório, não queria missas nem nenhum tipo de homenagens. Ele pediu muito que fosse uma cerimônia apenas para a família".  Saiba MaisTemer lamenta morte do jornalista Carlos Heitor Cony Carlos Heitor Cony nasceu no Rio em 14 de março de 1926.…

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior

Por Diego Barbosa,  Com a ação, Gonzaga Mota já circulou por 20 instituições, ora aumentando acervos, ora criando novas mini-bibliotecas Com facilidade, a porta em que está cravada a placa "Livros de escritores cearenses" escancara-se em nova visão. Do outro lado do anteparo, o olhar mira num aconchegante espaço, onde repousam, organizadas e coloridas, obras de toda ordem. São títulos tradicionais e contemporâneos, exemplares de poesias, contos, crônicas, romances. Em comum a todos eles, o DNA nosso: possuem assinatura de cearenses. E querem ganhar mais mundos, outras trilhas. Mantido pelo escritor e professor Gonzaga Mota, o gabinete da descrição acima é recanto de possibilidades. Desde o começo deste ano, o profissional mantém um projeto de doação de livros para escolas públicas de Fortaleza e do interior, almejando estender o raio de alcance da leitura, especialmente entre crianças e jovens. A vontade de fazer com que os volumes saltem da…