Pular para o conteúdo principal

Biografia não autorizada de Suzane von Richthofen chega à lista

‘Suzane – Assassina e manipuladora’ percorreu um longo e polêmico caminho até chegar às mãos dos leitores e à lista dos mais vendidos. Na semana de estreia, foram vendidas 769 cópias.
Recorte da capa do livro que acaba de chegar à lista dos mais vendidos | Reprodução
Recorte da capa do livro que acaba de chegar à lista dos mais vendidos | Reprodução
Se teve um livro de 2020 que já causou muita polêmica, esse é Suzane – Assassina e manipuladora (Matrix), biografia sobre Suzane von Richthofen escrita pelo jornalista Ulisses Campbell. Ainda em 2019, a Contexto, que tinha contratado o título, decidiu tirar seu time de campo depois de desentendimentos com autor e do pedido da biografada na Justiça tentando impedir a publicação da obra. A publicação do livro chegou a ser barrada por um juiz da primeira instância, mas foi liberado pelo ministro Alexandre de Moraes, no Supremo Tribunal Federal (STF). Janeiro chegou e o livro foi finalmente publicado pela Matrix. De novo, a mandante do assassinato de seus pais recorreu ao STF para tentar impedir o evento de lançamento do livro, acontecido no último dia 23. O Supremo disse não e o evento aconteceu.
A repercussão atiçou a curiosidade dos leitores e trouxe o livro para a nona posição da Lista de Não Ficção. Foram 769 cópias vendidas na sua semana de estreia.
Além do livro sobre Suzane, a lista trouxe outras quatro novidades. Em Ficção, estreou História de um grande amor (Arqueiro / Sextante), o novo de Julia Quinn. Foram 614 exemplares vendidos, número suficiente para colocar o livro na nona posição da categoria. Na lanterninha de Infantojuvenil, a estreante foi Anne de Green Gables (Autêntica), com 375.
Uma dupla da Harvard Business Review fechou empatada na 18ª posição da Lista de NegóciosDesafios da gestão e A arte de dar feedback, ambos publicados pela Sextante. Foram 220 cópias vendidas de cada um dos títulos.
A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca) segue firme na liderança do Ranking Geral, com 5.415 exemplares vendidos nessa semana. Mais esperto que o diabo (CDG) ficou em segundo, com 3.271, e O milagre da manhã (BestSeller / Record) em terceiro, com 3.020.
Na comparação com a semana anterior, os números gerais de vendas caíram 18%. Nesse cenário, Negócios foi a mais afetada (-48%).
O Ranking Geral das Editoras é liderado pelo Grupo Companhia das Letras, com 14 títulos. A Sextante fechou a semana em segundo, com 12, e a Intrínseca ficou em terceiro, com 10.
Via Publishnews

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil* O corpo do jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na próxima terça-feira (9), no Memorial do Carmo, segundo a Academia Brasileira de Letras (ABL), respeitando o desejo do imortal. Cony morreu ontem (6), aos 91 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos após dez dias de internação. Segundo a ABL, como a morte ocorreu em um fim de semana, procedimentos jurídicos e administrativos terão que ser resolvidos nesta segunda-feira (8). Após a cremação, suas cinzas devem ser lançadas em um local que remete a sua infância. Também a pedido do jornalista, seu corpo não foi velado na sede da academia. A amiga e também jornalista Rosa Canha disse que Cony desejava uma cerimônia íntima. "Ele não queria velório, não queria missas nem nenhum tipo de homenagens. Ele pediu muito que fosse uma cerimônia apenas para a família".  Saiba MaisTemer lamenta morte do jornalista Carlos Heitor Cony Carlos Heitor Cony nasceu no Rio em 14 de março de 1926.…

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior

Por Diego Barbosa,  Com a ação, Gonzaga Mota já circulou por 20 instituições, ora aumentando acervos, ora criando novas mini-bibliotecas Com facilidade, a porta em que está cravada a placa "Livros de escritores cearenses" escancara-se em nova visão. Do outro lado do anteparo, o olhar mira num aconchegante espaço, onde repousam, organizadas e coloridas, obras de toda ordem. São títulos tradicionais e contemporâneos, exemplares de poesias, contos, crônicas, romances. Em comum a todos eles, o DNA nosso: possuem assinatura de cearenses. E querem ganhar mais mundos, outras trilhas. Mantido pelo escritor e professor Gonzaga Mota, o gabinete da descrição acima é recanto de possibilidades. Desde o começo deste ano, o profissional mantém um projeto de doação de livros para escolas públicas de Fortaleza e do interior, almejando estender o raio de alcance da leitura, especialmente entre crianças e jovens. A vontade de fazer com que os volumes saltem da…