Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

Porta do inferno

Por Gonzaga Mota - Professor aposentado da UFC

Após 15 dias de férias, reinicio a escrever pequenos textos, às sextas-feiras, na secção “Ideias” do jornal Diário do Nordeste. Gosto de escrever sobre Religião, Economia, Política, Educação, Literatura, Causos, enfim, sobre temas variados. Todavia, começo este ano de 2020, constrangidamente, redigindo algumas linhas que evidenciam a insensatez e a maldade de algumas pessoas- autores, atores, financiadores, etc- que produziram um filme grosseiro, obsceno e chulo. Não me interessa saber quem são essas pessoas raivosas e complexadas. 
Acreditamos que são pessoas em busca do pseudosucesso. Por quê tanta agressão? Elas não sabem o mal que fizeram! Por sua vez, creio que aqueles dotados de boa vontade, bem como de formação moral e ética estão indignados, pois os infiéis caluniaram e atacaram de forma pusilânime Jesus, Maria, José e até Deus. Quais os objetivos? Dinheiro, prestígio, fama ou modernidade! 
Nós cristãos, principalmente, católicos e evangélicos, estamos perplexos. O cristianismo não é a religião da obrigação, porém da fé e do amor. Os ensinamentos de Deus indicam o bom e o verdadeiro caminho para a vida, ou seja, o amor e não o ódio. 
A maldade foi tão grande, não adiantando argumentar que o Brasil é um País laico e sem censura. Correto, defendo o ecumenismo e não concordo com a censura, desejo a liberdade de pensamento e expressão, mas não a avacalhação. Aliás, se há alguém que é contra a censura sou eu. Pois, dentre outros, fui um dos 4 brasileiros, nos anos de 1984/1985, ao lado de Aureliano Chaves, Ulysses Guimarães e Tancredo Neves, que mais fortaleceu o processo de redemocratização do Brasil. 

Pedimos a Deus que os idealizadores do filme maligno e desamoroso leiam no livro dos Provérbios (16,6): “Quem é bom e fiel recebe o perdão do seu pecado, e quem respeita o Senhor escapa do mal”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre o acadêmico Murilo Melo Filho

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira