Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

Como é bom!

Carlos Delano Rebouças*
O HOMEM, UMA ÁRVORE
Como é bom viver novos tempos, saber que tudo isso passou. Ufa! Até achava que não ia passar, que viveríamos por muito tempo dentro de nossas casas, sem ter contato com o mundo além dos nossos portões, sem trabalho e ainda dependendo de ajuda governamental.

Como é bom sentir o calor humano das pessoas nas ruas, pegar ônibus lotado, encarar filas reclamando da demora, correr no calçadão da orla, ir ao cinema, gritar gol nas arquibancadas e ajoelhar aos pés do altar, grato a Deus por essa superação.

Como é bom abraçar meus irmãos e colegas de trabalho, cumprimentar com beijinhos no rosto, cantar desafinado nos grandes shows musicais, falar ao pé do ouvido, estender a mão ao irmão desconhecido.

Como é bom fazer aquele churrasco com os amigos, comemorar aniversário, casar-se na igreja, ir ao restaurante, ver o pôr do sol no mirante em meio a uma multidão.

Como é bom sonhar com dias melhores, nos quais sintamos a felicidade ímpar de superar esse forte oponente chamado Covid-19, que levou vidas, destruiu sonhos, freou projetos, mas não nos venceu, muito pelo contrário, foi vencido pela vontade de Deus e fez com que passássemos a dar mais valor a muita coisa que achávamos não ter.
*Professor de Língua Portuguesa e redação, conteudista, palestrante e facilitador de cursos e treinamentos, especialista em educação inclusiva e revisor de textos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre o acadêmico Murilo Melo Filho

Mensagem do Pe. Geovane: Como ajudar e fazer doações à paróquia na crise da pandemia.

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira