Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

Sobre ser Escritor (Ou Poeta?)

Dia do escritor: saiba onde estudaram escritores famosos do mundo todo
Certa vez um alguém me perguntou: “como é ser escritor (...)”. E antes que eu respondesse, acrescentou: “em uma sociedade onde escritores não são valorizados?”. Eu respondi: “Bom, depende do que você chama de valor”. E assim desenrolamos uma conversa. É claro que minha resposta vai ser transcrita nesse pequeno texto.
Levo e levei muito tempo para perceber quem sou, o que sinto e o que faço. E também, observando quem as pessoas são, como se sentem e o que fazem. Em tudo há um significado, ainda que subjetivo, e mesmo que elas não estejam conscientes dele.
Já vi e ouvi muitas pessoas sorrirem, chorarem, se entristecerem e se alegrarem lendo meus textos, minhas poesias. Já me disseram que encontraram sentido na vida, e forças para agir, dizer que ama, falar que odeia, ser ele mesmo, pedir perdão... São tantas variações.
Eu raramente digo que sou poeta, as pessoas é que me chamam assim, e eu respeito a necessidade que elas têm de colocar definições. Minha maior felicidade, e isso é o que tem valor para mim, é saber que ao ler minhas palavras as pessoas enxergam, em pouco tempo, o que levei tempos e tempos para descobrir. Eu costumo criar espelhos, e fico feliz quando as pessoas conseguem se enxergar neles.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre o acadêmico Murilo Melo Filho

Mensagem do Pe. Geovane: Como ajudar e fazer doações à paróquia na crise da pandemia.

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira