Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

Em tempos de pandemia, editoras promovem iniciativas literárias para estimular a escrita e leitura

Editores independentes promovem a escrita sobre experiências, rotinas, pesquisas sobre a sociedade em tempos de pandemia

A obra
A obra "Crônicas de um confinamento" ganha lançamento (Foto: Divulgação/Editora Olho de Peixe)
Escritos diários, reflexões sobre a vida e o mundo, pontos de vista sobre o momento atual. Isolados em casa, autores conhecidos e pessoas comuns compartilham seus escritos em iniciativas literárias promovidas por editoras nacionais e independentes. Entre artigos, pesquisa, poesias e crônicas, as temáticas vão de assuntos mais específicos como “Pandemia: Covid-19 e a reinvenção do comunismo”, do filósofo eslavo Slavoj Zizek, a registros biográficos da nova rotina em postagens publicadas no Instagram.
A Editora Boitempo lançou na última semana uma coletânea de livros que relacionam a pandemia com o sistema capitalista. Entre as publicações, “(Re)nascer em tempos de pandemia: Uma carta à Moana Mayalú”, da deputada federal Talíria Petrone, que escreve uma carta direcionada à filha.
Em publicações virtuais, a Editora Olho de Peixe vem publicando a cada domingo reflexões, pensamentos e idealizações sobre a realidade atual. Os textos são publicados no perfil do Instagram da Olho de Peixe em formato de posts. A coletânea “Crônicas de um Confinamento” foi produzida com escritos enviado para a Editora durante o mês de abril. Até o momento, oito publicações estão disponíveis para leitura no Instagram.
A editora cearense Nadifundio convidou os leitores a revisitarem memórias e compartilhar suas lembranças passadas de relacionamentos, amores, vivências e experiências. Em parceria com a artista visual Raisa Cristina, 30 textos curtos foram selecionados entre os dias 11 e 20 de maio para serem ilustrados e reunidos em uma publicação digital que será lancada no dia 12 de junho. Outros 27 selecionados terão seus textos publicados no site da Nadifundio. Entre os selecionados, Sara Síntique, autora de “ÁGUA ou testamento lírico a dias escassos”, lançado em agosto de 2019, terá seu texto publicado no projeto "Fissura".
Para conferir a lista de selecionados para a publicação digital de "Fissura", acesse o site da editora Nadifundio.
O Povo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mazagão: terra árida e abençoada

Longos cabelos eternos