Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

‘Ideias para adiar o fim do mundo’ e entrar na lista

Livro de Ailton Krenak estreia na lista Nielsen PublishNews, que apura os autores nacionais mais vendidos em livrarias, lojas de autoatendimento e supermercados brasileiros
Ailton Krenak foi um dos autores mais festejados na última Flip, realizada em julho de 2019. Em Paraty, ele apresentou o seu livro Ideias para adiar o fim do mundo (Companhia das Letras) e rapidamente chegou à Lista dos Mais Vendidos do PublishNews. O livro agora estreou na Lista Nielsen PublishNews, aquela que apura as vendas de livros de autores nacionais mais vendidos em livrarias, lojas de autoatendimento e supermercados brasileiros. No livro, o pensador indígena critica a ideia de humanidade como algo separado da natureza, uma “humanidade que não reconhece que aquele rio que está em coma é também o nosso avô”, como ele próprio descreve.
Ideias para adiar o fim do mundo estreou na Nielsen PublishNews ocupando o 15º lugar da categoria Não Ficção, que é liderada por Do mil ao milhão (HarperCollins), de Thiago Nigro. Seja foda(Buzz), de Caio Carneiro, ficou com a prata e Felicidade, escrito pelo trio Cortella, Karnal e Pondé, completa o pódio de Não Ficção.
Em Ficção, o destaque é para outro coletivo, o TCD. Textos cruéis de mais para serem lidos rapidamenteTextos cruéis de mais para serem lidos rapidamente: Onde mora o amor e O fim em doses homeopáticas, todos publicados pelo selo Globo Alt, fazem uma escadinha, ocupando as posições de número 2, 3 e 4. Todos eles foram escritos por pessoas ligadas ao coletivo. A categoria é liderada por As aventuras de Mike (Outro Planeta / Planeta), de Gabriel Dearo e Malu Digilio. 
Como é de costume, clássicos da literatura brasileira aparecem na categoria. A hora da estrela(Rocco), de Clarice Lispector fechou o mês de maio em sétimo lugar; Angústia (Record), de Graciliano Ramos, em nono; Vidas secas (Record), do mesmo autor, em décimo; Capitães da areia (Companhia de Bolso), de Jorge Amado, em 11º; Campo geral (Global) e Grande sertão: veredas (Companhia das Letras), ambos de João Guimarães Rosa, aparecem nas posições 15 e 16 respectivamente. 
Diogo Lara é um dos destaques da Lista Nielsen PublishNews de maio | © Site do autor
Diogo Lara é um dos destaques da Lista Nielsen PublishNews de maio | © Site do autor
Ainda falando de Ficção, há um estreante. Imersão: Um romance terapêutico (HarperCollins), de Diogo Lara (na foto acima), apareceu pela primeira vez, ocupando a 17ª posição.
O Ranking das editoras é liderado pelo Grupo Companhia das Letras, que emplacou sete títulos. A Planeta ficou em segundo, com cinco. O bronze ficou partilhado entre Buzz, Globo, Grupo Editorial Record e Sextante, que emplacaram quatro títulos cada. 
HarperCollins (com três títulos), Ediouro (1), Gente (1), Grupo Editorial Global (1), Intrínseca (1), Melhoramentos (1), Novo Século (1), Papirus (1), Rocco (1) e Somos Educação (1) também pontuaram.
Via Publishnews 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mazagão: terra árida e abençoada

Longos cabelos eternos