Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

Mário de Andrade, Caio Fernando Abreu e Rubem Fonseca juntos na lista

Box que reúne ‘O melhor’ dos quatro escritores brasileiros estreia na lista, ocupando a quinta posição da Lista de Ficção
Rubem Fonseca, Caio Fernando Abreu e Mario de Andrade | © Michelle Rizzo
Rubem Fonseca, Caio Fernando Abreu e Mario de Andrade | © Michelle Rizzo
Em 2015, quando comemorava o seu 50º aniversário, a Nova Fronteira lançou a coleção O melhor de, antologias de grandes nomes da literatura brasileira. Três destes nomes foram reunidos no box O melhor de Mário de Andrade, Caio Fernando Abreu e Rubem Fonseca lançado no ano seguinte. Nesta semana, a coletânea destes grandes contistas e cronistas brasileiros veio parar na lista, ocupando a quinta posição da Lista de Ficção, com 295 unidades comercializadas. Em dezembro de 2018, o volume já tinha aparecido na Lista Nielsen PublishNews, aquela que apura os autores nacionais mais vendidos em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento do Brasil, mas é inédito na lista semanal.
Na comparação com a semana anterior, os números gerais da lista apresentam queda de 14%. Ficção (-48%) e Não Ficção (-26%) pesaram muito nessa contabilidade. 
Ranking Geral segue liderado por DNA da cocriação (Gente), de Elainne Ourives, com 2.759 unidades vendidas. Mais esperto que o diabo(CDG), de Napoleon Hill, ficou em segundo, com 1.974. Aqui é bom ressaltar que o clássico da autoajuda ocupa o segundo lugar do Ranking Anual Parcial de 2020, com 66.671 unidades vendidas desde janeiro e está a menos de três mil exemplares de distância de A sutil arte de ligar o foda-se, que ocupa o primeiro lugar e é bicampeão da categoria Livro do Ano do Prêmio PublishNews (2018 e 2019). Do mil ao milhão (HarperCollins), de Thiago Nigro, com 1.716 completa o pódio semanal. 
Voltando a falar das novidades, outros dois estreantes pontuaram em Ficção: a “dark edition” de Drácula (DarkSide), de Bram Stocker, ocupa a posição de número 14, com 139, e Uma noiva rebelde (Arqueiro), de Julia Quinn, ficou na 16ª posição, com 128. 
Em Infantojuvenil, a Coleção especial Anne de Green Glabes (Ciranda Cultural), de Lucy Maud Montgomery, ganha posição de destaque, sendo a vice-líder na categoria, com 437 cópias vendidas. 
Outras três novidades em Autoajuda completam o time de estreantes da semana: O melhor de mim (Alta Life), de Mike Bayer, na 14ª posição, com 286; Hábitos atômicos (Alta Life), de James Clear, na 15ª, com 269, e Criando com empatia (Senac), de Bia Lombardi, na 19ª, com 243.
A Sextante volta pro topo da lista, com 13 títulos emplacados ao longo da semana. O Grupo Companhia das Letras, com dez, ficou em segundo e o bronze ficou dividido entre o Citadel Grupo Editorial e a Rocco, com oito cada.
Via Publishnews 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livro resgata conteúdo de cartas recebidas por João Goulart

Mestra da Cultura do Ceará, artesã Dona Zefinha morre no Cariri

Livro sobre as origens do povo cearense chega ao mercado